sábado, 18 de dezembro de 2010

Para que tu ouças
minhas palavras (...)
Muito mais que minhas são tuas.
Vão esgueirando-se em minha velha dor como as heras.
Elas esgueirando-se assim pelas paredes úmidas.
Sóis vós a culpada deste jogo sangrento.
Elas estão esvaindo-se de minha guarida escura.
Tudo tu a invades, tudo tu a invades. (...)
Agora quero que digam o que quero dizer-te
para que tu me ouças como quero que me ouças. (...)
Ama-me, companheira. Não me abandones. Siga-me.
Siga-me, companheira, nessa onda de angústia.
Porém se vão tendo com teu amor minhas palavras.
Tudo o que ocupas tu, tudo o que o ocupas.

Pablo Neruda - Vinte Poemas de Amor (Poema 5)

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Conta pra alguém do que você sente
conta por quem sente
pra quem sente.

Conta que você quer cuidado e carinho
e que não aguenta mais essa história de ter que esperar
Você quer mais é correr atrás

Quer e precisa sentir o frio na barriga de novo
a felicidade de quem conseguiu o que queria.

domingo, 12 de dezembro de 2010

Isso que você mostra pra todo mundo é engraçado e muitas vezes ignorante, sorte a minha de já ter visto quanta beleza você esconde.
Eu contei para aquela amiga que você conhece, da sua delicadeza, seu carinho, sua sensibilidade, do amor que você tanto esconde, ela não acreditou, disse que não era fácil te imaginar assim, tive que jurar e descrever cada movimento seu. Foi engraçado sabe, ela riu, eu também, mas você sabe que eu só consegui rir depois de algum tempo.
Foi bom ter te visto transparente, é bom te ver assim.

-Suponha você, que está no seminário e recebe notícias de que vou morrer...
-Não fale em morrer, Capitu.
-Ou que me mato de saudades se você não vier logo.

Dom Casmurro, de Machado de Assis

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

"Quanto tempo demora? - perguntou ele. - Não sei. Um pouco.
Sohrab deu de ombros e voltou a sorrir, desta vez era um sorriso mais largo.
- Não tem importância. Posso esperar. É que nem maçã ácida.
- Maçã ácida?
- Um dia, quando eu era bem pequenininho mesmo, trepei em uma árvore e comi uma daquelas maçãs verdes, ácidas. Minha barriga inchou e ficou dura feito um tambor. Doeu à beça. A mãe disse que, se eu tivesse esperado as maçãs amadurecerem, não teria ficado doente. Agora, quando quero alguma coisa de verdade tento lembrar do que ela disse sobre as maçãs."

(Khaled Hosseini em: O Caçador de Pipas)
Eu sabia que me sentiria viva enquanto você estivesse presente.
Eu sabia que quando desaparecesse faria essa falta toda, sabia que deixaria morno o resto dos dias.
Morno, não morto, esperança também aquece.

domingo, 5 de dezembro de 2010





















De todas as almas criadas
Escolhi
uma.

Emily Dickinson



livre, porque dizem que se conquistei voltará, como um pássaro que gostou de cantar em uma janela em especial.

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Demoras e Ausências

É fácil falar de espera
quando não é você que está do outro lado da linha
enquanto não é sua caixa de correios que lota de cartas
e não é sua casa que tem paredes de sobra

É simples não se preocupar com o tempo
quando não é o seu corpo que acumula ausências
enquanto não é sua boca que guarda beijos para depois
e não é a sua pele que se perfuma para ninguém

Seria lindo e ótimo poder observar e
aconselhar que é importante esperar, aguardar
mas agora não dá mais,
estou com vontade de morrer...
de encontro e felicidade.


Cáh Morandi

terça-feira, 30 de novembro de 2010

No embalo de uma paixão - O filme

Para demonstrar apoio à tentativa de produção do filme de uma amiga decidi fazer um post e deixar ao lado um link onde ficará visível e de fácil acesso à quem se dispor a dar sua força.
A produção é séria e para a ajuda de patrocinadores será preciso 1500 assinaturas no abaixo assinado, elas podem ser feitas na comunidade.
Aqui vai a sinopse do filme:

"O Filme No embalo de Uma paixão conta a historia de uma menina que se apaixona pela professora de tango.. Levando assim muito preconceito.. e discussões entre mãe e filha.. A historia traz muito drama e romantismo através da arte da dança.. Com as palavras doces e carinhosas e os movimentos sedutores do tango... Um menina de apenas 16 anos se apaixona pela sua professora... Tendo uma historia envolvente sedutora e levando muitos a chorar com a dor e o sofrimento do preconceito."

Contamos com o apoio de todos. Muito obrigada.

domingo, 28 de novembro de 2010

Mas também acho que aquilo que é bom, e de verdade, e forte, e importante – coisa ou pessoa – na sua vida, isso não se perde. E aí lembro de Guimarães Rosa, quando dizia que “o que tem de ser tem muita força”. A gente não tem é que se assustar com as distâncias e os afastamentos que pintam. Mas, vantagens? Ah, isso também tem. A melhor delas é conhecer gente. Não tem coisa melhor (nem pior) do que gente. E, na minha opinião, não é plantado no mesmo lugar, caminhando sempre pelas mesmas ruas, repetindo ano após ano os mesmos programas, que você vai conhecer pessoas novas.

Caio Fernando Abreu

domingo, 7 de novembro de 2010

Pra você dar o nome ♪

Deixa pra lá
Que de nada adianta esse papo de agora não dá
Que eu te quero é agora e não posso e nem vou te
esperar
Que esse papo de um tempo nunca funcionou com nós
dois

Sempre que der
Mande um sinal de vida de onde estiver dessa vez
Qualquer coisa que faça eu pensar que você está bem
Ou deitada nos braços de um outro qualquer que é
melhor
Do que sofrer
De saudade de mim como eu tô de você, pode crer
Que essa dor eu não quero pra ninguém no mundo
Imagina só pra você

Quero te ver
Dando volta no mundo indo atrás de você, sabe o quê
E rezando pra um dia você se encontrar e perceber
Que o que falta em você sou eu


Tó Brandileone - Pra você dar o nome

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Outros sonhos ♪

Sonhei que o fogo gelou
Sonhei que a neve fervia
Sonhei que ela corava
Quando me via

Sonhei que o fogo gelou
Sonhei que a neve fervia
E por sonhar o impossível, ai
Sonhei que tu me querias

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

O que preciso for

Por que eu preciso abraçar o mundo para te alcançar.
Por que um dia eu vou percorrer todas as ruas que você já andou, só para te procurar, e hei de te encontrar no meio de uma de suas caminhadas sem destino.
Tenho certeza de que num susto, vou parar de andar e meu coração por bater tão rápido vai parecer ter parado também, por alguns segundos eternos vou te olhar e reconhecer todos os traços: olhos, cabelos e lábios que amei e ainda estarei amando.
Se não for naquele bairro onde você morava vou para o país onde planejavas ir, procuro em cada esquina, mas juro que um dia te encontro.

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Comemorativa?

Você prometeu que viria quando fosse a minha data comemorativa.
Você disse que viria sempre pra me ajudar a contar os dias - porque eu sempre conto, prometeu que passaríamos até o meu 78º aniversário juntas.
Então venha, eu não pedi que prometesse, por mais que fosse o que eu mais queria, mas eu não pedi, se foi uma promessa sua apareça, reapareça... Por favor...
Te vejo errando e isso não é pecado,
Exceto quando faz outra pessoa sangrar
Te vejo sonhando e isso dá medo
Perdido num mundo que não dá pra entrar
Você está saindo da minha vida
E parece que vai demorar

Se não souber voltar ao menos mande notícias
Cê acha que eu sou louca
Mas tudo vai se encaixar

aproveitando cada segundo
Antes que isso aqui vire uma tragédia

E não adianta nem me procurar
Em outros timbres, outros risos
Eu estava aqui o tempo todo
Só você não viu

Você tá sempre indo e vindo, tudo bem
Dessa vez eu já vesti minha armadura
E mesmo que nada funcione
Eu estarei de pé, de queixo erguido
Depois você me vê vermelha e acha graça
Mas eu não ficaria bem na sua estante


aproveitando cada segundo
Antes que isso aqui vire uma tragédia

E não adianta nem me procurar
Em outros timbres e outros risos
Eu estava aqui o tempo todo
Só você não viu

Só por hoje não quero mais te ver
Só por hoje não vou tomar minha dose de você
Cansei de chorar feridas que não se fecham, não se
curam
E essa abstinência uma hora vai passar...


Na sua estante - Pitty

sábado, 2 de outubro de 2010

'I’ll wait forever'
Porque merece a lembrança, flor!

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Não sei para onde estou indo, não sei por que caminho estou seguindo.
Não sei onde posso chegar, não sei se tenho onde chegar.
Perdida, totalmente!

quarta-feira, 29 de setembro de 2010


Em outras palavras...

Juro que vou tentar isso com meu irmão. rs

Coisas de quem anda cansada.

terça-feira, 14 de setembro de 2010

Releu e de olhos encharcados não acreditou que aquilo tudo teria mesmo acabado
Sabia exatamente o que falar para deixa-la boba, tímida e até desesperada às vezes.
Riram muito juntas e acabou.

Sem sentido né? Também foi assim para pelo menos uma delas.

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

ultimamente

Não sei mais quem procuro,
Todos os dias terminam incompletos,
Sobra sempre a saudade de um rosto.

Vontade de um porto em que ancorar sem pressa,
Uma casa em uqe me sinta confortável
como se sempre tivesse estado ali.

Uma palavra de carinho com som de saudade.

terça-feira, 7 de setembro de 2010

Eu te amo

Muda alguma coisa no modo com que você fala, em cada palavra, cada letra parece haver mais sentimento, parece maior.





E é!

domingo, 15 de agosto de 2010

Já nem te lembras de mim, por certo
porém eu desperto,
enviando-te os meus versos.
Repito tantas vezes, ouça:
Eu gosto tanto de ti entretanto,
preciso esquecer, não achas?

devo te ver de modo diferente,
preciso tirar essa idéia maluca da cabeça!
Mas... mesmo que eu me acalme
por favor, não me esqueças!


És inatingível, intocável, insubstituível! Eu saí por aí, eu fui por aí, tentando te esquecer, mas acabei compreendendo que não posso me desfazer de sonho tão lindo, mesmo que continue sofrendo!


Cassandra Rios
Vem! Não te vás agora desta minha vida
preciso de ti como o poeta triste

que encontrou de repente a ilusão perdida,
agarra-se a ela pede e insiste:
Fique! Aqui sem ti é tudo frio
eu sinto na alma terrível nostalgia
e o mundo inteiro fica tão vazio!
Não te vás embora
desta minha vida agora!
Minha alma implora e não desiste
fique, que sem ti
serão esfarrapadas e tristes
todas as minhas poesias!
Fique, que trazes com tua presença
toda emoção que eu tanto necessito!

Fique, por Deus, eu repito
que durante tua ausência
de dor e de saudade eu não resisto!
Saiba... eu tenho bem guardadas
um punhado de rimas para te ofertar
mas, são palavras tão apaixonadas
que só ao teu ouvido poderei falar!


Cassandra Rios

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

"A vida não é um questionário de Proust. Você não precisa ter que responder ao mundo quais são suas qualidades, sua cor preferida, seu prato favorito, que bicho seria. Que mania de se autoconhecer. Chega de se autoconhecer. Você é o que é, um imperfeito bem-intencionado e que muda de opinião sem a menor culpa."

(Martha Medeiros)

terça-feira, 13 de julho de 2010

É fácil mesmo perceber quando uma pessoa se torna especial pra mim.
É incrível como quando me sinto confortável, me transformo numa pessoa totalmente transparente, não preciso falar, quem eu gosto vai saber como estou me sentindo.
É lindo sabe, e dá uma saudaade...

sábado, 26 de junho de 2010

Loucura, chiclete & som

INTERIOR/NOITE

Seqüência 1

Chama o cara aí, outra brahma, meu, teve um tempo que não era assim, brahma, vishnu & shiva, sente só o desrespeito ocidental, mais uma shiva, moço, mas não, não era assim, em casa um bode mas você saía e via as pessoas e daí esquecia, todo mundo numa boa, agora em casa é um bode, na rua é outro bode, na casa do teu amigo é mais um bode, um pirou, outro morreu de overdose, outro em cana, não é nada disso, olha só quem acaba de entrar, porra, essa mina já deu pra todo o bar, um túnel, como atravessar um túnel sem saber se tem fim, deixou a porta aberta, a piranha, como é que é? vai fechar ou não? te toca, friend, tu tás é de porre, Virgem ascendente Peixes, que bode, um o oposto do outro, tu entende disso é? conflitos terríveis, the dream is really over não me vem com esses papos de depois das duas da matina, porra, um dia alguém devia quebrar a bosta deste bar em vez de só pedir outra brahma (ou vishnu, ou shiva), me dá um câncer aí, mas era mesmo diferente no duro ou a gente é que tá envelhecendo, cara? puta, essa mina só sabe filar cigarro, quanto tempo, é, por aí, você sabe, julho, agosto, quem, a Beth? ah, tá legal, vai ficar mesmo em Floripa com aquele surfista debilóide, diz que mudou tudo, com quem que tá o brilho? a classe média, cara, eles querem é foder a classe média, semana passada os ratos baixaram e levaram todo mundo sem nem ver documento, tu acha mesmo que ela tá fim? tô te falando, olha só a cara dela, já deve estar toda molhadinha, já se foi essa brahma, uma saideira? vamos nessa, fiquei chapado o dia inteiro, dá uma sede, a casa de quem? pode ser, maior barato, mas nem conheço o cara, ah, vem todo mundo, olha não tô nessa de túnel, onde foi mesmo que eu li uma coisa que começava assim “metade do meu cérebro já foi destruído pelo álcool”, mas nunca acontece nada aos sábados na bosta desta cidade?





(Trecho do livro Ovelhas Negras de Caio Fernando Abreu)

quinta-feira, 24 de junho de 2010

Olhos e olhares


Seus olhos e seus olhares
Milhares de tentações
Meninas são tão mulheres
Seus truques e confusões
Se espalham pelos pêlos
Boca e cabelo
Peitos e poses e apelos
Me agarram pelas pernas
Certas mulheres como você
Me levam sempre onde querem
Seus dentes e seus sorrisos
Mastigam meu corpo e juízo
Devoram os meus sentidos
Eu já não me importo comigo
E então são mãos e braços
Beijos e abraços
Pele, barriga e seus laços
São armadilhas e eu não sei o que faço
Aqui de palhaço, seguindo os seus passos
Leoni - Garot@s

Tanto pra conversar

Não demora agora
Há tanto pra gente conversar
Eu desejo e vejo, a rua vê você atravessar
E os teus passos largos já não me incomodam
Não te acompanho mais, caminho do meu modo
Teus olhos turvos, pouco sinceros
Não me atormentam quanto mais eu enxergo
Eu e você, podia ser
Mas o vento mudou a direção
Eu e você e essa canção
Pra dizer adeus ao nosso, ao nosso coração
Tá na minha frente
Não se perturbe verdade é pra falar
Sei que vai morrer um pouco
Mas ainda há tanto pra lembrar
O teu sorriso lindo, indefinido
Suas mãos tão quentes atravessando o meu vestido
Palavras que falávamos simultâneamente
No meu ouvido o teu discurso indecente
Eu e você, podia ser
Mas o vento mudou a direção
Eu e você e essa canção
Pra dizer adeus ao nosso...
Às vezes o amor
Escorre como areia entre os dedos
Não tem explicação para tantos erros
É melhor partir
Antes do último grão cair
Eu e você, podia ser
Mas o vento... mudou a direção
Eu e você e essa canção
Pra dizer adeus ao nosso, ao nosso coração
Eu e você, podia ser
Mas o vento mudou a direção
Eu e você e essa canção
Pra dizer adeus ao nosso, ao nosso coração

Isabella Taviani - Último Grão

sábado, 19 de junho de 2010

Não há oceano que nos separe
Não há muros intransponíveis
Não há porque duvidar e desistir dessa nossa vida

quinta-feira, 17 de junho de 2010

Sorri


'Sonhos, aventuras, juras, promessas

dessas que um dia acontecerão...'

Bruna Caram - Palavras do Coração




...são os nossos planos simples, de ir à praia, ao zoológico, do luau que vai me levar, de ir jogar Guitar Hero no shopping, de arranjar um quebra-cabeça de 5 MILHÕES DE PEÇAS só pra gente montar -rs-, de conhecer sua mãe, seu irmão, sua cadela, sua gatinha, seus ramsters e seus amigos... de dormir junto, acordar junto, de conchinha, agarrada, com beijo de bom dia, sorriso bobo e abraços sem fim... sem fim!

segunda-feira, 14 de junho de 2010

Gosto

... de como vem contar com gosto das tuas viagens ao interior, andar no mato, à cavalo, de charrete que de tão rápido fazia todo mundo rir e falar alto e fechar os olhos sentindo o vento bater no rosto. De quando vem me chamando carinhoso e me deixa sem jeito e suspirando pra só depois falar baixinho que te amo.

domingo, 13 de junho de 2010

Especiais

'Há alguns anos, nas olimpíadas especiais de Seattle, nove participantes, todos com deficiência mental, alinharam-se para a largada da corrida dos 100 metros rasos. Ao sinal, todos partiram, não exatamente em disparada, mas com vontade de dar o melhor de si, terminar a corrida e ganhar.
Um dos garotos tropeçou no asfalto, caiu e começou a chorar. Os outros oito ouviram o choro. Diminuíram o passo e olharam para trás. Então viraram e voltaram. Todos voltaram…Uma das meninas com Síndrome de Down ajoelhou, deu um beijo no garoto e disse:
- Pronto, agora vai sarar!
E todos os noves competidores deram os braços e andaram juntos até a linha de chegada. O estádio inteiro levantou e os aplausos duraram muitos minutos...Talvez os atletas fossem deficientes mentais...Mas com certeza, não eram deficientes espirituais'

quinta-feira, 3 de junho de 2010



A culpa não, não é do sol, se o meu corpo se queimar.


A culpa é da vontade, que eu tenho de te abraçar.
(...)


A culpa não, não é do mar, se o meu olhar se perder

A culpa é da vontade, que tenho de te ver.
A culpa é da vontade,

que vive dentro de mim...


António Variações

terça-feira, 1 de junho de 2010

.          diz:
*Eu amo estar com você
*mesmo não estando de verdade
*eu amo o fato de poder ter vc um dia
*eu amo mesmo saber que vc acorda e às vezes diz... eu a amo
*sinceramente eu gosto de tudo que diz respeito a você, mesmo q não faça sentido nenhum para mim, o que importa, é que se é relacionado a vc eu me importo
*A mor será que da para acreditar que eu quero tudo com você ?
*Quero acordar de manhã, olhar em seus olhos e poder dizer que eu te amo.
Quero sair de casa e saber que quando eu voltar você ainda vai estar aqui.
Quero poder dormir sem ter medo de acordar a noite, olhar para o lado e não ver você na cama.
Eu quero tudo com você , só com você!

segunda-feira, 31 de maio de 2010

...mais

O jeito que sai feliz, cantarolando qualquer coisa enquanto me deixa esperando... Eu sorrio boba demais.
Quando sussura algo bom que faz meu coração querer explodir.
E como eu sempre tento te explicar que o fato do meu coração estar transbordando não quer dizer que eu vou gostar menos de você -amor que é amor, se renova-, é só porque VOCÊ anda oculpando todos os espaços e está tirando de mim as pessoas que não merecem esse sentimento.
Quando me deixa sem palavras (dá vontade de te matar... de beeeijos e abraços).
De quando é boba fazendo voz de criança para brincar com um dos seus bichinhos de estimação.
Ou quando pensa demais em tudo.
E quando faz aquela brincadeira idiota de perguntar o que eu faria se você tivesse muito mal no hospital, mesmo sabendo que eu odeio, que viro uma chorona quando o assunto é a gente e ainda mais quando não posso fazer nada.
E ainda mais quando demonstra tudo de um jeito tão bonito que chega a me deixar sem reação.
Eu só amo, só posso amar e quero amar ainda mais.

domingo, 23 de maio de 2010

Se em uma noite quente você sentir vontade de olhar o céu, promete que vai está pensando em mim?
Se em um dia de sol, te der vontade de sentar na sombra e olhar o mar, jura que vai ser pensando em mim quando der aquele sorrisão lindo?
E se por um segundo você pode ver uma estrela cadente, o que pediria a ela?

terça-feira, 18 de maio de 2010

1 mês!

Eu te amo muito muito muito...
Do tanto de gotinhas que tem no mar. *---------------*

segunda-feira, 17 de maio de 2010

O jeitinho que dorme dizendo que me ama muito muito muito muito....
E o que sonha pra nós.

Eu fico boba, só sei dizer que te amo e que é boom ter você.
"Como é que eu nunca descobri que sou também mendiga? Nunca pedi esmola, mas mendigo o amor dos que me rodeiam, mendigo pelo amor de Deus, a aprovação dos que amam naquilo que faço e minha roupa de alma está maltrapilha..."

Clarice Lispector

quarta-feira, 12 de maio de 2010

Quadrilha

'João amava Teresa
Que amava Raimundo
Que amava Maria
Que amava Joaquim
Que amava Lili...'
Carlos Drummond de Andrade


Contextualizando a vida real! E são tantas as quadrilhas, de qualquer forma...

segunda-feira, 10 de maio de 2010

A Saudade?


É mais ou menos assim amor:

deitar, te ligar e fechar os olhos.

Poder te imaginar ali de corpo colado,

sussurrando o que de melhor eu poderia ouvir.

segunda-feira, 19 de abril de 2010

O Tudo

Não é que a gente venha do NADA, o problema é que a gente vem do TUDO, do cheio, do transbordando... Alguns é que são idiotas a ponto de deixarem de lado, abandonando os sentimentos, de um por um, às vezes até sem perceber.
E vieram, não somente me dizer, mas tentaram me convencer de que somos vazios. NÃO SOMOS NÃO! Se você for, sinto pena, pois sempre tenho amor dentro de mim, se às vezes não estou amando alguém especificamente ainda me sobra o amor próprio, pra quê sentimento mais lindo que este?
Acredito, defendo, bato o pé, às vezes calo para evitar brigas ou transtornos maiores, mas sempre, seeempre vou confiar no amor que tenho. E reafirmo, os outros sentimentos são derivados do amor, ou o avesso dele. É como a temperatura, não é que seja frio, é apenas ausência de calor.
Pobre de você que diz ser vazio.

Do pedido.

-Quer mesmo namorar comigo, e tentar fazer o possível para não ficar com ninguém e esperar o dia em que poderemos ficar juntos, nem que seja pelo menos uma vez..?

-Eu quero *-*

-Então quer mesmo namorar uma pessoa estranha e que mora bem longe de você?

-Eu quero namorar quem tá todos os dias comigo, independente da situação e da distância, que me enche de mensagens e carinho, e nem me importo se essa pessoa é estranha. ^^

-*-----------------------------* Eu te amo sabia?

O que ficou para ser dito: -Eu também te amo. [muitomuitomuito...]

E a minha aliança chega próximo mês. :$ *-*

quarta-feira, 14 de abril de 2010

Odeio esse clima,
odeio o teu jeito quando quer porque quer ficar mal comigo,
odeio esse silêncio pesado,
odeio quando você fala ironicamente só porque sabe que me irrita,
odeio ser a culpada disso tudo.
Falando sério? Odeio meus vacilos!
E a certeza de que vou sentir falta de um abraço quando deitar naquela cama sem ninguém que me espera. Por isso que estou adiando, preferível escrever que agir.
Mas a hora chega e vou indo pro braço que vai fazer falta mais uma vez.

sexta-feira, 9 de abril de 2010

'E a noite ainda te espero, mesmo quando sei que não virá...
só para ter saudade...'

Caio F.

segunda-feira, 5 de abril de 2010

E quando descobrir que meus olhos enchem de lágrimas, estas que não deixo cair, mas que às vezes de teimosas sobressaem, molham o rosto que tem mais motivo para estar enxuto.

quarta-feira, 31 de março de 2010

Minha Flor, Meu Bebê (Cazuza) ♪

Dizem que tô louco
Por te querer assim
Por pedir tão pouco
E me dar por feliz
Em perder noites de sono
Só pra te ver dormir
E me fingir de burro
Pra você sobressair

Dizem que tô louco
Que você manda em mim
Mas não me convencem, não
Que seja tão ruim
Que prazer mais egoísta
O de cuidar de um outro ser
Mesmo se dando mais
Do que se tem pra receber
E é por isso que eu te chamo
Minha flor, meu bebê

Dizem que tô louco
E falam pro meu bem
Os meus amigos todos
Será que eles não entendem
Que quem ama nesta vida
Às vezes ama sem querer
Que a dor no fundo esconde
Uma pontinha de prazer
E é por isso que eu te chamo
Minha flor, meu bebê

É o que vou fazer...

Se for preciso que eu fale mil vezes pra você se cuidar, por mais que você nem ligue pro que eu esteja falando, eu vou falar.
Ou se for preciso que eu te diga que te amo no meio de uma briga, eu vou dizer, mesmo que depois eu ouça as maiores barbaridades que você pense de mim...
Amor, se for preciso eu mentir pra que você continue sonhando -com a chuva de estrelas ou qualquer outra coisa-, é isso que vou fazer.
É para o bem que eu vivo, é pro teu bem que eu continuo voltando e é pro meu bem que sempre tento te manter próximo.

segunda-feira, 29 de março de 2010




'Tu és folha de outono


voante pelo jardim.


Deixo-te a minha saudade


- a melhor parte de mim.'




Cecília Meireles - Canção de Outono
-O que seria de mim aqui sem você?
-A mesma coisa... Um pouquinho mais chato talvez.
-As noites não seriam as mesmas.
-Seriam sim. Você só ía ser mais uma pessoa que não repara tanto nas estrelas e na lua.
-A lua e as estrelas ficaram diferentes depois que te conheci sabia?
-[Silêncio]
-Sempre gostei de brincar com as nuvens, pelos desenhos que formam... Mas a lua...
-Que tem a lua?
-Nunca reparei como ela é linda.
-Que bom que agora repara. Sabe, tem tanta coisa bonita ao nosso redor e a gente faz questão em querer mostrar as coisas ruins... Tem que ver é o lado bom, nas coisas simples.
-Hoje eu tava com um amigo e ele falou: 'Olha que lua linda.', olhei pro céu e na hora me veio você à mente...
-[Silêncio]
-Pessoas como você são raras de se conhecer sabia?
-Nem sei... Eu tento.
-Eu te amo.
.
.
.
.
.
.
-Tudo bem.

sexta-feira, 26 de março de 2010

Sabe?

Sabe quando você deseja entrar por baixo de um cobertor quentinho, ter um braço pra te enlaçar durante a noite inteira e se sentir em casa ali, daquele jeitinho confortável?
Sabe quando você já deseja isso a um tempo e tem a exata idéia de quem seria o braço que te acompanharia por aquela, e se possível muitas outras noites?
Sabe quando você deseja sentir uma respiração tão próxima que se confunda com a sua, tanto pela consequente sincronia, como pela união incontestável dos corpos?
Sabe quando você deseja um beijo de boa noite, que se torne um convite à qualquer outra coisa, menos ao sono?
Sabe quando o que você deseja não passa de um sonho, que por hora não pode se realizar. Ele se impede, o espaço impede, a distância e tantas outras coisas impedem...

quinta-feira, 25 de março de 2010

'Eu sempre acho que cansei de ti, de mim, mas ai vem o amor e revigora.'

Caio Fernando Abreu

terça-feira, 23 de março de 2010

'Mais fácil se perdoar por não ter sido amado do que por perder um amor.'

@carpinejar

Mochileira


Um sonho de viajar e fugir de tudo... Se possível até de mim.

Mas não, mudar os ares já bastaria pra repor as energias que faltam.

segunda-feira, 22 de março de 2010

E eu que fui completamente apaixonada até pela falha de cor da tua íris, amava até os teus erros e acreditava nas tuas mentiras...
Hoje vejo outra pessoa, mas que continua ao meu lado, nem sei porque. E esteve no meu dia, foi a primeira e a última pessoa, encheu de um jeito que nem eu sabia ser possível. Insiste em reaparecer nas lembranças, mas é bom, apesar de doer sempre me faz sorrir.

sábado, 20 de março de 2010

Por amor às causas perdidas... ♪

Descobri que minha Flor tem espinhos, mas é lógico, ela também deve se defender...
Sorri ao te imaginar como flor, Flor.
Tem uma parte minha dizendo por aí que desisti, de mim?, de você?, e ando achando que esta parte é mais louca do que a que decidiu te contar o quanto quero e nunca esqueço de você.



'Eu vejo um horizonte trêmulo
Eu tenho os olhos úmidos
Eu posso estar completamente enganado
Eu posso estar correndo pro lado errado
Mas "a dúvida é o preço da pureza"
É inútil ter certeza...
Na boca, em vez de um beijo,
Um chiclet de menta.'

Engenheiros do Hawaii - Infinita Higway
Acordou assustada, coração acelerado, antes fosse pesadelo, mas não, é o que tanto deseja que queria estar acordada, de olhos bem abertos para acreditar... Alguém falava: 'Se é assim o seu amor, porque ainda não estamos...?'. Acabou o encanto.


Não precisava sofrer até que a frase fosse completada, ela mesma acaba o seu encanto, por ela saber que a dor de encarar a realidade de depois seria pior. Ela faz pra se proteger, se joga do penhasco pra se salvar, atira no escuro sem saber que a arma está direcionada à própria cabeça. Por incrível que pareça ela é ingênua.
Fraca.
Não consigo passar bem.


Sei que nem foi pra mim, mas já que deu a idéia... Um brinde à você!
Parabéns, consegue mesmo o que quer.

sexta-feira, 19 de março de 2010

'Conhecer-me significa também não gostar daquilo que sou e ter que passar o resto da vida ao meu lado.'

Fabrício Carpinejar

quarta-feira, 17 de março de 2010

Eu andei sonhando, eu andei pensando, andei acreditando que podia dar certo pelo simples fato de você saber.
É, não foi dessa vez... Mais uma vez não foi dessa vez.

You're beautiful ♪

E eu não sei o que fazer,
Porque eu nunca ficarei com você.

É, ela chamou minha atenção
Enquanto nós passávamos um pelo outro
Ela poderia ver no meu rosto que eu estava
Nas nuvens
E eu não acho que a verei novamente,
Mas nós compartilhamos um momento que durará até o fim.

Você é linda.
Você é linda.
Você é linda, é verdade.
Eu vi seu rosto num lugar lotado,
E eu não sei o que fazer,
Porque eu nunca ficarei com você.

Deve ser um anjo com o sorriso em seu rosto,
Quando pensou que eu deveria estar com você.
Mas é tempo de encarar a realidade,
Eu nunca ficarei com você.


James Blunt
Posso desistir de você mais uma vez?
Será que vai ser sempre assim...
Não tá tudo bem, e não vai ficar tudo bem. u_u'

Foi cedo demais, agora é tarde pra consertar.
E não dá pra deixar pra lá quando eu vejo tudo que você faz.
Dói!

terça-feira, 16 de março de 2010

Eu posso jurar que o meu céu hoje decidiu imitar o seu,
era o único que queria ver.

segunda-feira, 15 de março de 2010

"Farei o possível para não amar demais as pessoas, sobretudo, por causa das pessoas. Às vezes o amor que se dá pesa, quase como uma responsabilidade na pessoa que o recebe. Eu tenho essa tendência geral para exagerar, e resolvi tentar não exigir dos outros senão o mínimo. É uma forma de paz...
Também é bom porque em geral se pode ajudar muito mais as pessoas quando não se está cega de amor."


Clarice Lispector
Agora, o quanto poder ser negativa vou ser.
Prefiro assim... Antes negativa que esperançosa.

Mais do que eu deveria sentir ♪Platônico♪

Mais dificil é saber que é verdadeiro
E não poder sentir
Ver que o outro sente o mesmo
Mas não é por ti
E ter que esconder
E não poder demonstrar
Mentir pra você
Fazer o outro acreditar
Platônico
até pode ser
platônico
mais do que eu deveria sentir.
Olhar suas fotos e imaginar você aqui
Saber que sente o mesmo
Mas não é por mim
E se perder no meio de uma ilusão
E não querer sair dessa confusão
Platônico,até pode ser
platônico
mais do que eu deveria sentir
Platônico...
E eu espero por você
O tempo que for
com medo de não acontecer
mas eu estarei aqui(até o fim)
eu estarei aqui (eu estarei aqui)
platônico,até pode ser
não é normal o que eu sinto por você
Platônico,até pode ser
platônico
mais do que eu deveria sentir.
Mais do que eu deveria,sentir...
mais do que eu deveria...

Fake Number - Platônico
'O acontecer do amor e da morte
desmascaram nossa patética fragilidade.'

Caio F.

Eu preciso dizer... Tanto.

Falta de ar?
Enfarte?
A porra dessa dor é pior que isso, ou talvez seja isso tudo junto... Pararia o coração nem que fosse por segundos se pudesse...

Mas não, dessa vez não vou exagerar, é tudo tão verdade, tão real que chega a assustar. tãoruim!
Só desculpa o jeito idiota e o momento inadequado que decidi falar.... é. u_u'
e nessa novela eu não quero ser teu amigo... :///

domingo, 14 de março de 2010

Sobre estar só ♪Dois barcos♪

'É, pode ser que a maré não vire
Pode ser do vento vir contra o cais
E se já não sinto teus sinais
Pode ser da vida acostumar

Será, Morena?

Sobre estar só, eu sei...'


Los Hermanos - Dois barcos

sábado, 13 de março de 2010

Você é tão breve...
Eu sorrio de raiva.
O seu céu é tão bonito.
Ele está assim hoje?
Quando tiver avermelhando me avisa, que eu quero ver pelo reflexo dos teus olhos.

Sempre quis ♪Olhos certos♪

Tento te encontrar
Tanto pra dizer
Meu amor, tudo bem.
Sorte de nós dois
Quero te fazer feliz
Meu amor, sempre quis.
Mesmo sem te ver
Não chegou ao fim
Seu amor, tudo em mim.

Olhos certos - Detonautas ♪
Hoje vi, alguns (poucos) milhares quilômetros nos afastam...
Mas mesmo assim eu sei tanto de ti, talvez você nem saiba, nem duvide, mas eu sei tanto que chego a me achar no direito de querer ajudar.
É isso, eu só queria poder falar de ti.

Fim.

quarta-feira, 10 de março de 2010

Do hoje

É estranho saber agora que tantas palavras podem ter sido em vão.
Estranho ver quanto do amor nós jogamos fora...
Estranho perceber que tudo que eu mais confiei agora não parece tão confiável assim...
Eu estou vendo de um ângulo diferente ou mudou o cenário inteiro?
A sensação de voltar a pisar no chão depois de ter flutuado é estranho, por mais que você tenha passado uma vida inteira pisando nesse chão e tenha flutuado somente por algum tempo.

Não faz sentido agora, e eu duvido que volte a ter ainda durante esses dias estranhos demais.

sexta-feira, 5 de março de 2010

Ir à praia...

Foto: Nídia Luna (:


Respirar aquele ar de maresia, andar com os pés na areia, sentir a espuminha gelada vir tocar meus pés, poder fechar os olhos para sentir o sol a me esquentar e me despedir dele apenas com um olhar por ter certeza de que ele voltará a cada dia e mais lindo.

Anotações Insensatas

(...) ainda pensou: gosto tanto de você, baby. Só que os escritores são seres muito cruéis, estão sempre matando a vida à procura de histórias. Você me ama pelo que me mata. E se apunhalo é porque é para você, para você que escrevo — e não entende nada.

Caio Fernando Abreu - Anotações Insensatas

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

Do que passou(?)

Que bobinho esse rapaz que canta essa música, jeitinho fofo esse que ele tem, mas eu nem gosto tanto... Tudo bem, lembra você.

Que estranho vir e te esperar sempre, parece tão natural fazer, que só quando paro pra pensar é que fica estranho.

Me encanta a maneira com que fala explicadinho, com o sotaque bonito e a risadinha que faz meus olhos brilharem.

Promete aproveitar os momentos que podemos passar juntos, que eu prometo desejar que eles se multipliquem.



Desejei, mas não foi o suficiente, não pôde esperar.

Diga-me como é estar apaixonada por uma pessoa como eu?

E eu lhe respondo:

É assim, uma coisa parecida com sonho, uma coisa que lembra leveza, carinho, companheirismo... É alguma coisa parecida com sentir estrelinhas te tocando sabe... E borboletas que nem ficam mais no estômago, já vão logo ao coração... sabe?

sábado, 20 de fevereiro de 2010

To a woman so heartless

Você tem um coração? Não pergunto, sei que sua resposta vai ser longa e nós vamos acabar brigando novamente. Eu acho que você tem sim um coração, eu vou te ajudar a acha-lo.
Não gosto de quando você é fria, você diz que te conheço de verdade, deixe eu conhecer o seu lado bom então -foi tão bom quando você deixou-, quero tanto elogiar suas qualidades e você costuma exaltar os defeitos.
Você é louca, cheia de experiências de vida, quero aprender a (con)viver com você.
Não quero ser mais uma que perde a alma e a paz por você, você vai ter que aprender a usar de novo esse pedaço de carne que deveria ser o coração.
Eu tenho certeza de que somos muito parecidas. deixa eu te conhecer?




Como você pode ser tão "Dr. Evil".
Você está colocando para fora um lado de mim que eu não conheço.
Eu decidi que não iríamos mais nos falar.
Então porque estamos acordados às 3 horas da manhã no telefone?
Porque ela tem que ser tão má comigo?
"Cara", eu não sei. Ela é quente e fria.
(...)dizem que não sabem o que você vê em mim.
Espere uns meses, então você verá.
Você nunca vai encontrar ninguém melhor do que eu.
Falando, falando, falando, fale.
Baby, vamos apenas parar com isso.
Eles não sabem o que passamos.
Eles não sabem sobre mim e você
Então eu tenho algo novo para ver
E você só vai continuar me odiando.
E nós vamos apenas ser inimigos.
Para uma mulher sem coração.
Como você pode ser tão sem coração?
(The Fray - Heartless)
_______________________________________________

Só em meu quarto vazio
Nada mais sobrou além das memórias de quando eu tinha meu melhor amigo
Eu não sei como terminamos aqui
Eu não sei mas isso nunca pareceu muito claro
Nós cometemos um erro, meu caro.
Eu te encontrarei;
Eu curarei as ruínas deixadas dentro de você
Porque eu ainda estou aqui, respirando agora...
Eu me lembro como costumávamos conversar
E eu me lembro de como nossas sementes crescerem
E como você chorou quando viu
As primeiras folhas se mostrarem.
O amor estava derramando dos seus olhos.
Então você pode ver
Os ramos suspendendo a minha volta?
Pode ver
O amor que você deixou dentro de mim?
No meu rosto
Você pode ver?
Até eu me libertar.
Vá calmo por entre as árvores
Tome meu fôlego como seu
Tome meus olhos para guiar você para casa.
(Low Shoulder - Through the trees)
_______________________________________________

Não acredito no que você disse pra mim
Ontem a noite quando estávamos sozinhos
Você jogou as mãos pro alto
Baby, você desistiu, você desistiu
Podemos te consertar se você quebrar?
E o final é só uma piada?
Menino, você me deixou sem palavras
Você me deixou sem palavras, tão sem palavras
E eu sei que isso é complicado
Mas sou um fracasso no amor, então baby
Levante um copo para consertar todos os corações quebrados
Você desistiria de tudo?
Poderia eu desistir de tudo por você?
E depois de todos os meninos
E meninas por que passamos
Você desistiria de tudo?
Você alguma dia voltará a falar?
Oh boy, por que você está tão sem palavras?
Você me deixou sem palavras
(Lady Gaga - Speechless)


Ela, que canta os melhores trechos das músicas mais lindas quando não sabe o que dizer, e é perfeito o encaixe, e eu amo cada vez mais... eutentoimitarporquetambémnãotenhomaispalavras!

domingo, 14 de fevereiro de 2010

Necessário

É como se emocionar no ponto máximo do romance.
Aceitar que não se é capaz de machucar, por se sentir machucada.
Admitir que não conseguiria abandonar, pois o que é necessário não se abandona, se abandonasse não seria mais um todo, seria uma parte desfalcada, falha, a parte ridícula, fraca e sem cuidados.
Seria exagero se envolver tanto, seria tolice se deixar conquistar, mas com ela era sempre o mesmo: gestos simples, atitudes carinhosas, palavras bonitas e ... puuufff, como num passe de mágica apaixona-se.
Ela vai aprender que não pode arranjar algo necessário a cada esquina, a vida vai se encarregar de de ensina-la a não levar o mundo nas costas.

sábado, 13 de fevereiro de 2010

Ausente para curtir uma praia.
Com sua licença. ((((:
Carnavaaaaaal enfim.

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

'Sei lá o que te dá, não quer meu calor
São Jorge, por favor, me empresta um dragão...'

Se - Djavan

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

Não bastava ser você.
Também tinha que ser a pessoa mais linda do mundo. *---*
Quando você me avisou já era tarde demais.
É tarde para voltarmos a nos dar bem.
De que vale sermos hoje o que precisávamos à 4 anos atrás?
De que valem verdades atrasadas?
-Uma dose extra de esperança...
E me veio, porque eu vivo desistindo de você e voltado atrás.
A culpa foi e pra sempre será sua se isso se transformou em amor.
Ninguém pediu que fosse o que eu precisava, que completasse tão bem.
Mas alguém deve ter dito exatamente o que podia deixar para depois,
o que eu viveria sem por enquanto,
o que me faria te esperar na ânsia de receber.
Não é possível, alguém deve ter dito,
e agora eu preciso saber se fui eu quem deixou todo o tesouro nas suas mãos.

terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

'E até hoje

não houve um só dia em que eu não me lembrasse de você.'

Jota Quest - Tudo me faz lembrar você

'Pareço contigo

de olhos fechados...
A gente se parece tanto,
a gente está só começando,
a gente vai se conhecendo
e vê que ainda não sabe nada,
a gente só quer ser feliz,
um mundo mais equilibrado,
a gente esquece que o amor
é tudo e não nos cobra nada.'

Jota Quest - Seis e trinta

Talismã


Animal associado à pureza.
Propicia sabedoria.
Atrai prosperidade, energia e tranquilidade.
Pra você, por fazer parte disso tudo agora. ♥

sábado, 6 de fevereiro de 2010

"Eu escrevo teu nome nessas pedras, que vou jogando por onde passo. No fundo, espero que você me siga, mas não tenho coragem de pedir. Aí, tem gente que vem, sem nem ser chamado, sem nem se importar com o fato do nome escrito ali, ser outro. As pessoas não ligam pr´essas pequenezas, sabe? Eu ligo. Ligo pra tudo. Sou mais de detalhes, que do todo. Sempre fui. O fato é que fico olhando pra trás pra ver se você tá vindo e já tropecei umas quantas vezes. Esses dias mais. Isso porque não sinto teu cheiro no ar, não ouço o teu riso passeando pelas horas. E sinto falta. E sinto um quase-medo. Embora, não tenha a menor idéia de quê. Sabe quando você pressente o monstro no escuro, mesmo sem poder vê-lo? É assim. Não sei se você entende, não sei se alguém entende e, realmente, não me importo. Não me importo mais com um monte de coisas. Dos benefícios do tempo. Hoje, parei e sentei bem aqui na beira desse rio que me atravessa. Só pra te pensar bem forte e te fazer sentir amor do lado de lá. Sim, porque você ainda não atravessou a ponte, bem sei. Mas, ando me sentindo fraca e cansada. Tenho andado demais, jogado pedras demais, esperado demais e você não me alcança. Talvez, seja melhor mergulhar e afogar os pensamentos. Espero que você consiga chegar a tempo e salvar os mais bonitos."



Briza Mulatinho
'Desejo que a cada estação você tenha algo para se orguhar quando olhar no espelho. E se tudo parecer escuro lá fora, mostre ao mundo o brilho dos olhos seus.'

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010



“Penso sempre que um dia a gente vai se encontrar de novo,
e que então tudo vai ser mais claro,
que não vai mais haver medo nem coisas falsas.
Há uma porção de coisas minhas que você não sabe,
e que precisaria saber para compreender todas as vezes
que fugi de você e voltei e tornei a fugir.
São coisas difíceis de serem contadas, mais difíceis talvez
de serem compreendidas - se um dia a gente se encontrar de novo,
em amor, eu direi delas, caso contrário não será preciso.”

Caio Fernando Abreu

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Amor, ontem um filme me lembrou você, era o nosso filme, iríamos assisti-lo juntos, reclamaríamos por não ser como imaginávamos, mas tenho certeza de que você também choraria nas cenas em que eu chorei.
Amor, eu sei que não disse tudo o que deveria dizer, o momento não permitia, mas prometi pra mim que falaria olhando nos seus olhos. Pode ser exagero dizer que é amor, mas é, o que sinto é intenso, eu não me dou aos poucos, eu já estava entregue.

sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

Sabe, eu bem poderia enxugar as suas lágrimas, eu bem poderia lhe acolher se você simplesmente ressurgisse das cinzas, eu poderia lhe perdoar por toda falta e descaso.
Desejo luz, onde quer que estejamos, independente de tudo, LUZ.

terça-feira, 12 de janeiro de 2010

À esquerda, sem número

Qualquer rua à esquerda, casa sem número.

Aqui mora uma angústia.

domingo, 10 de janeiro de 2010


Acabei descobrindo que desde sempre tento desenhar um girassol.



Como uma memória fotográfica me veio um papel com um girassol -muito mal desenhado- cheio de pétalas, de traços, de sementes e de esperança.

Até hoje nem o girassol, muito menos a esperança morreram em mim.

sábado, 9 de janeiro de 2010

é ridículo de tão lindo e apaixonante te olhar
e eu quero que seja pra sempre assim
simples como um refrão que já sabemos de cor

Sim

Seja a flor que sempre está aqui, por mais que não.
Saiba construir o quebra-cabeça que lhe ponho nas mãos.
Mereça a atenção que disponibilizo.
Seja mais que amor platônico.
Aceite os argumentos e não discuta.
Eu nem quero que seja tão sério assim...
Só diga que SIM e saiba brincar de verdade inventada.
Não sei por quanto tempo o talvez vai alimentar essa esperança.

Por sua culpa aprendi a rir pra não chorar e agora tenho um nó na garganta que só vai se desfazer se me ensinar a te esquecer.

quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

E pela milésima vez ouvindo uma coisinha meio ...quando a gente conversaaa, contando casos, besteiras, tanta coisa em comum, deixando escapar segredos...
Pois é, uma das milhões que me lembram você. /umamerda,certo? CERTO!

quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

Palavras ao vento ♪

'Ando por aí querendo te encontrar
Em cada esquina paro em cada olhar
Deixo a tristeza e trago a esperaça em seu lugar...'

Cássia Eller

de novo, mais uma vez e sempre... dor!

Terminou
Pronto
Desisto

Você conseguiu dar a prova que eu precisava...
Juro, eu ía falar hoje, mas não... Chega disso tudo.



FIM!

terça-feira, 5 de janeiro de 2010


Eu bem te disse que quando a coisa aperta e dói eu ponho mesmo essa máscara de forte, de arrogante, metida a destemida e super corajosa... Mas você sabe que no fundo, ainda sou a mesma, não se preocupe, eu sempre vou ser a menininha que você conheçeu.

v o c ê !

Ah flor, mas se for preciso
Eu digo com todas as letras que é você que eu quero
Mesmo nestas circunstâncias...

A fábula do Porco-espinho

Durante a era glacial, muitos animais morriam por causa do frio.
Os porcos-espinhos, percebendo a situação, resolveram se juntar em grupos, assim se agasalhavam e se protegiam mutuamente, mas os espinhos de cada um feriam os companheiros mais próximos, justamente os que ofereciam mais calor.
Por isso decidiram se afastar uns dos outros e voltaram a morrer congelados, então precisavam fazer uma escolha:
Ou desapareceriam da Terra ou aceitavam os espinhos dos companheiros.
Com sabedoria, decidiram voltar a ficar juntos.
Aprenderam assim a conviver com as pequenas feridas que a relação com uma pessoa muito próxima podia causar, já que o mais importante era o calor do outro.
E assim sobreviveram.





É, é... uma boa explicação/desculpa pra uma quase auto mutilação que ando praticando ultimamente... u_u'

segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

O amor vem aos domingos

'I- O que se faz é aprender a amar essa busca frenética
pelo graal de um vívido e longevo amor.
Ama-se o meio e não o fim. (...)
Queremos alguém educado e, se o temos,
não nos apetece a mera cortesia:
é preciso ser também inteligente. (...)
não nos damos por satisfeitos, pois há de ser também bom dançarino.
Temos Fred Astaire, queremos Napoleão;
temos Gandhi, queremos Hitler;
temos Fidel, queremos Guevara.

II- Quereria a mulher que me livrasse dos domingos,
que me salvasse de todas as horas inúteis
imputadas cruelmente aos solitários. (...)
Alguém que me chegasse às seis, de tal forma lívida,
que me faria crer estar ali desde o dia anterior. (...)
A qualquer dia da semana, pode irromper uma paixão,
mas somente aos domingos explode o amor,
desses de contar aos netos,
de hastear brasões,
de acreditar em mitos e lendas.

III- Que venha a mulher de domingo(...)
Que apenas venha e escute.
Que simplesmente esteja.
Que me faça crer no desvario. (...)
Permita-me sonhar com essa mulher,
que destoa por ser a composição de todas as outras,
que apaga o céu para gravar nele
seus olhos de criança.
'

Sinval Farias

(meu 'belíssimo' professor de Língua Portuguesa *-* que também tem o direito de escrever coisas lindíssimas e que eu super adoro.)

Buraco

Se você soubesse o estado que estou agora, zumbi, pegando detalhes seus por aqui, e doendo tanto que nem sei mais por onde começar. Eu não aguento mais começar. Queria tanto continuar. Não sei, não aguento, ainda não posso, mas queria continuar.
Alguma coisa deu errado em mim, eu não sei te explicar e eu não sei como arrumar e nem sei se tem ajuda pra isso. Mas meu corpo inteiro se revolta quando gosto de alguém. Me armo inteira pra correr pra bem longe e pra lutar com unhas gigantes quem tentar impedir. Me mata constatar como é ridículo ficar com saudade só de você ir tomar banho. Ter que sentir ciúme ou mágoa ou solidão e sorrir para não ser louca. Eu sinto de um tamanho que eu não tenho e então começo a adoecer, como sempre. Eu não sou louca, eu só não tenho pele pra proteger(...) E você não precisa entender o medo que isso dá, mas talvez um dia possa ter carinho. (...)
Pela maneira como eu (...) culpo quem tiver perto por uma angustia que sempre foi e será só minha e que eu sempre suporto mas quando sinto amor fico achando que posso distribuí-la um pouco. (...)
E ficar me perguntando de novo para quem mesmo eu tenho que ser porque só tem graça ser para alguém. E que se foda o amor próprio. (...)
...e como eu gosto de você por isso e por tudo e mesmo quando é ruim e sempre quando é incrível e ainda e muito e por um bom tempo.


Tati Bernardi (super indico)

domingo, 3 de janeiro de 2010

'Só dessa vez, goste menos. Já está na hora. Menos. Por favor. Já está na hora. E pensei tanto em menos que nunca será.'

Tati Bernardi

sábado, 2 de janeiro de 2010

2010


Err, feliz ano novo.
E que ele traga realmente coisas boas viu, pelamorde. u_____u'
Invade a intimidade, desarma de todas as formas, expõe e protege. Teu olhar sofrido me conquista sempre.
Porque desejar tanta segurança, porque a vontade de chorar, porque tanto desejo, porque tanta falta, o que preenche esse vazio?